A nova fronteira. Glicemia no pulso (mesmo remotamente), mas sem smartphone. Aqui está como é feito.

This post is also available in: esEspanhol itItaliano

Um smartwatch barato e uma app gratuita são a chave que abre novo e acessível panorama.

Sérgio Silva, diabético tipo 1 e amante de parapente, conta-nos como fazer.

«Quando pensei em converter o Freestyle Libre em CGM (leituras automáticas de 5 em 5 minutos) foi para evitar hipos nocturnas severas, um dos riscos para nós que temos diabetes e que vivemos sozinhos, mas também pensei no desporto que pratico, o parapente, um desporto no qual dependemos de nós próprios. Fui procurando soluções. Podia optar por um telemóvel colocado no cockpit ou então por um smartwatch. O relógio acabou por ser a minha escolha para dispositivo receptor das glicemias enviadas pelo transmissor (MiaoMiao, Nightrider), estando no meu pulso não terei que me preocupar em largar os “comandos” da minha asa. Quando partilhei uma foto por mim tirada, sobre as várias opções disponiveis para exibir as glicémias, dei alguns exemplos nos quais se podem rever.

Já imaginaram quererem seguir a glicemia dos vossos filhos, quando estão na escola, mas não lhes ser permitido utilizarem o télémovel para proceder au scan do sensor ou quando não vos seja possivel acederem a certos sites no computador do vosso local de trabalho? Um relógio com ligação 4G e com XDrip+ instalado talvez vos ajude nesse aspecto ja que ninguém vos pode impedir de “ver” as horas :-)

Começando pelo smartwatch Finowatch Q1 PRO (http://www.finowatch.com/product.php?id=516)

Já tinha visto algumas recomendações de smartwatches, nas quais garantiam que o Nightrider funcionaria de certeza, tal como é o Microwear H5, mas vendo as especificações, procurei algo com bateria de maior durabilidade e o único que encontrei foi o Finowatch Q1 PRO com Android 6.0, bateria de 720mAh e IP67 (waterproof) contra os 600mAh do Microwear H5 (sem waterproof). A minha ideia principal também era ter um relógio em que não fosse necessário um telemóvel para efetuar o envio de dados e o Finowatch Q1 PRO foi, sem duvida, a melhor escolha.

Versão recomendada: 4.x ou 6.x, a versão 5 do Android tem alguns bugs com o Bluetooth

Encomendei o Q1 Pro na loja Finow Offical Store na AliExpress (https://finow.aliexpress.com/store/2130161). Recebi-o em tempo muito aceitável, apesar de ter ficado retido na alfândega e ter pago as taxas, no total o relógio ficou-me pelos 80€. Quando o recebi, a primeira curiosidade que tive foi de ver se era possível actualizar o sistema operativo (Android). Encontrei no menu “About Smartwatch” a opção para actualizar o sistema. Pensei para mim, “é como na maior parte dos telemóveis, a opção existe mas nunca encontram updates”. Liguei-me à minha rede wireless, fiz a pesquisa do update e aparece “There is an update…”! Nem queria acreditar… já era um ponto positivo, afinal há actualizações. Antes de continuar confirmei a data do “security patch”, “baseband version” e “kernel version” para depois comparar. O download é feito e o relógio reinicia mas… o ecrã fica preto! Nos telemóveis é normal aparecer o simbolo do Android com uma barra de progresso quando são feitas atualizações. Entretanto passou algum tempo e o relogio continuou a não dar sinal. Pressionei no botão de desligar e voltei a tentar ligar e nada acontecia. Pensei… “o relógio já se avariou, maldito update”! Nessa altura vou à internet à procura de relatos de experiências idênticas e não as encontro. Já só pensava em mandar email ao vendedor a reclamar por produto avariado, e não é que quase passado mais de 20 minutos o relógio liga-se e entra no sistema operativo, dá sinal que está a actualizar as aplicações, e “voilá”… security patch com a mesma data mas o Kernel e a Baseband com diferentes datas. Ena! Bom sinal… fui novamente verificar se havia mais actualizações e realmente havia. Repeti o processo duas vezes mais, acabando por ficar com:

  • Baseband: 2018/01/18
  • Kernel: 2018/04/27

O que é o Kernel? É o que faz a ponte de ligação entre o software e o hardware. Sem isso não seria possível, por exemplo, a máquina fotográfica do seu telemóvel/smartwach funcionar quando abre o programa da câmara. O que é a baseband? De forma simples é o que controla as antenas do seu dispositivo, tanto o que permite fazer chamadas, como bluetooth ou wifi. Em caso de falhas no Bluetooth ou perda de chamadas, é a baseband que tem que ser actualizada.

Ùltima versão do XDrip+

Depois da instalação das actualizações de sistema, configurei a minha conta da Google e actualizei as apps através da Google Play Store disponível no smartwatch, fiz download no meu computador da última versão do XDrip+ e depois copiei para o meu relógio usando o cabo USB. Escrever num ecrã pequeno como é o do relógio dá algum trabalho, um teste à paciência… é díficil conseguir acertar em todas as teclas logo à primeira.

Configurações

Algumas configurações que fiz para que conseguisse mais tempo de autonomia e uma melhor utilização do Finowatch Q1 PRO.

Settings (do relógio)
  • Location: Off (no XDrip irá aparecer uma mensagem a alertar que para serem detectados novos dispositivos por bluetooth a opção tem que estar activa, caso tenham problemas em ligar algum dispositivo na aplicação, definem como High Accuracy e depois da ligação feita podem mudar para Off novamente. Tenho usado em OFF e o MiaoMiao tem estado a funcionar sem problemas.)
  • Display: Adaptive brightness, ON; Sleep After 5 seconds of inactivity; Font Size: Small
  • Battery: Standby Intelligent… ON
  • About Watch: Pressione 8 vezes em cima de “Build Number”. O menu Developer é activo. Voltar ao menu Settings, e aceda ao menu “Developers options”.
  • Developers menu: Window Animation Scale, Transition animation and Animator Scale: Animation Off
  • Accessibility: High contrast text ON

Autonomia e Bluetooth

Comprei o relógio pela capacidade da bateria mas pela minha experiência e com o WiFi e Bluteooth ligados e com ligação ao MiaoMiao apenas dura umas 14h com utilização moderada durante o dia apesar de o relógio dizer que tem uma estimativa para 24h de autonomia (é normal que durante o dia gaste mais bateria, já que ligamos o ecrã mais vezes para verificar a glicemia). O que tenho feito por enquanto, é carregar o relógio quando chego a casa do trabalho porque no meio de tantos testes descobri que o relógio perde ligação ao MiaoMiao quando fica com bateria abaixo dos 20%! Tentei desactivar a opção “Standby Intelligent…” dentro do menu Battery (Settings do relógio) mas não resolveu o problema. Para voltar a ter ligação é necesário pô-lo a carregar e a ligação do MiaoMiao só se vai restabelecer quando o nível bateria for superior a 20% de carga. Caso não volte a ligar, vá às “Settings” do relógio, e prima desactivar e reactivar o bluetooth.

Utilizo o relógio no meu pulso enquanto durmo e ao acordar ponho a carregar para que tenha bateria suficiente até eu chegar a casa, se não o carregar de manhã, pode durar apenas até depois da hora de almoço.

Não experimentei a opção de Battery Saver disponível no menu “Battery”, por acreditar que fará grande diferença em relação à autonomia e utilização com XDrip+.

A demonstração do que acontece quando a bateria fica abaixo dos 20%

Em relação ao cartão nanoSIM com dados, há operadores que fornecem um segundo cartão com ou sem custos suplementares de forma a partilhar o mesmo tráfego do tarifário do telemóvel. (Confirme com o seu operador se é o caso. Senão tente procurar na internet por operadoras “Low Cost”… )

Update do XDrip+ (através do computador)

Infelizmente não consigo fazer a actualização do XDrip no relógio. Ao correr a instalação do APK e pressionando no botão NEXT, nada acontece. E caso altere para outra língua o botão “Next” desaparece.


A solução acaba por se ter que instalar o ficheiro APK no telemóvel via computador com o comando

adb install -r nome_do_ficheiro.apk

é importante não esquecer do comando -r.

Sigam este endereço http://www.droidviews.com/install-apk-files-using-adb-commands/ para saber como preparar o smartwatch e o computador para a instalação.

Smartwatch Finowatch Q1 PRO.

Prós

  • Ligação 4G
  • Android 6.0 (actualizações disponíveis)
  • Recebe os dados do MiaoMiao ou NightRider sem ser necessário telemóvel
  • Volume alto e vibração nos alarmes.
  • Google Play Store
  • Preço
  • Waterproof IP67
  • Bateria 720mAh
  • Multi-lingua

Contra

  • Perde ligação ao MiaoMiao quando a bateria atinge os 20 ou 15%
  • Ausência de menu de notificação como nos telemóveis, o que torna difícil de fazer “snooze” aos alarmes, é necessário abrir XDrip e fazer snooze através do menu
  • Não é possível “acordar” o relógio com dois toques no ecrã, é necessário pressionar o botão power
  • Pouca visibilidade em dias de sol
  • Necessário actualizar o XDrip+ através do computador.

Sobre o MiaoMiao Reader (www.miaomiao.cool)

Tive a sorte de um conhecido ter-me mandado uma mensagem via Facebook a perguntar se estaria disposto a testar o MiaoMiao dele porque achava que havia algumas discrepâncias em relação ao valor capilar da glicemia, mesmo calibrando várias vezes ao dia. É com o MiaoMiao do Telmo Rubens que estou a fazer este teste. A ele o meu muito obrigado! Eu era um dos tais que esperava que o T-Mini fosse lançado…

A minha primeira opinião sobre o MiaoMiao e pelo que vi na internet, é que à primeira vista parece-se com um “abre garrafas”… mas isso dito em jeito de brincadeira. Na verdade, a sua forma, dá logo a ideia que mais uma parte do nosso braço vai ser ocupada por um objecto de plástico. Quando antes tentávamos esconder o Libre para não ser o centro de atenções, agora com o MiaoMiao a missão torna-se mais difícil.

Quando tive o primeiro contacto com o Libre fiquei surpreendido pelo seu peso, tão leve! Procurei na caixa por um manual de instruções e não encontrei. Fiquei na dúvida de como seria fazer a sua ligação… Onde é que estava o PIN? Estava a ficar preocupado mas mal liguei o relógio para fazer a ligação via XDrip+, apercebi-me que bastava apenas uma procura no “Bluetooth Scan” (dentro do XDrip+) e fazer ligação! Consegui obter ligação logo à primeira tentativa quando antes com Nightrider (Blucon) tinha estado 3 horas a tentar ligá-lo ao Finowatch Q1 PRO e sem sucesso e testado mil e umas combinações possiveis nas opções e diferentes versões do XDrip+.

Além do espaço que ocupa no braço, um dos pormenores que me deixou apreensivo, é o facto de se usar adesivo. Tive receio de fazer uma alergia ao colante. Felizmente não tenho feito alergia à cola do Libre mas há quem tenha alergia. É mais um factor a ter em conta. Caso não queiram usar cola, poderão experimentar este suporte Kiwi Slim – Shell for MiaoMiao:

Costumo colocar o Libre na zona interior do braço para evitar que seja arrancado ao bater contra a esquina de uma parede, o que com o MiaoMiao acaba por ser um problema porque por vezes cubro o Libre+MiaoMiao quando estou deitado de lado e as glicemias deixam de ser transmitidas para o relógio. Para evitar que deixe de receber os valores da glicemia durante algum tempo, activei o alarme no XDrip+ para quando houver falha de leitura dentro de um espaço de 10 minutos (no XDrip+: Settings > Alarms and Alerts > Missing Reading Alert > Enable Missed Reading Alert ON > Alert if no data received in 10 minutes).

Tenho receio que com uma pancada em algum sítio ou até a praticar parapente, o MiaoMiao possa descolar-se como já me aconteceu com o Libre. O mais provavel é que compre uma fita com um molde impresso em 3D para o prender quando for fazer exercício. Há alguns à venda na internet, a rondar os 20 ou 30€:

Há também outro fabricante na indústria chamado “Freestylestickr”, mas, ao longo do tempo, recebemos vários e-mails de usuários que se queixaram da fragilidade dos produtos vendidos.

Carregamento do MiaoMiao

Em relação ao carregamento do MiaoMiao utilizo um carregador de 2.1A que comprei como alternativa para carregar o meu Samsung S8+, a mim parece-me a melhor opção.

De resto… nem há muito mais a dizer do MiaoMiao! Tem funcionado às mil maravilhas! E depois de colado ao braço, nem me lembro que tenho algo mais além do Libre. É mesmo leve!

Disto isto e como não recebi o T-Mini… o MiaoMiao deverá ser a minha escolha para converter o Libre num CGM.

Em relação à discrepância de valores que o Telmo temia, com o XDrip+ não notei muita diferença, por vezes de 15mg/dL para cima ou para baixo. Tentei sempre calibrar quando a leitura do Libre tenha acabado de ser feita pelo MiaoMiao.

Prós:

  • Qualidade e fiabilidade
  • Peso
  • Facilidade de ligação
  • Recarregável
  • À prova de água

Contras

  • Preço (versão para o mercado chinês é metade do preço), tinha escolhido o T-Mini pelo preço.
  • Formato
  • Cola poderá vir a causar alergias.
  • Ausência de manual

App xDrip+

Tenho esta app no meu Samsung S8+ para ler o Libre por NFC. O leitor oficial dá sempre um valor diferente do capilar, com o XDrip+ consigo estar mais próximo do capilar. Ajuda imenso o facto de se calibrar com valores capilar!

Um à parte…há algo que fico a pensar, não sendo necessário calibrar o Libre, porque será que a Abbott não deu a oportunidade de se calibrar o leitor com teste capilar, até acabavam por vender tiras de teste e sensores Libre, já imaginaram quantas reclamações seriam evitadas por haver valores diferentes? A minha ideia… ao fazer teste capilar no leitor do Libre, verificava se havia sensor activo, depois perguntava “Deseja calibrar o Libre?”, “Se Sim, passe agora o leitor no Libre”. E assim os ajustes seriam feitos e poderíamos estar mais descansados. Afinal não é assim que o XDrip funciona com a calibração? Vai-se lá entender as farmacêuticas… #WeAreNotWaiting

Voltando ao XDrip+ no relógio, os botões/menus são minúsculos, no início parece estranho mas depois adapta-se. Tenho por hábito instalar sempre a última versáo do XDrip+, em relação ao NightRider recomendam a versão X ou Y, com o MiaoMiao não tive esses problemas, neste teste utilizei a versão de 21 de Maio de 2018.
Primeiro é preciso ter a certeza que o Bluetooth está activo nas “Settings” do relógio mas não é feito o “Pairing” nesse menu, tudo será feito no XDrip+. E claro, ter a certeza que o MiaoMiao está bem colocado por cima do Libre e com bateria carregada.

Ao abrir o Xdrip pela primeira vez, irá perguntar que tipo dispositivo vai ser utilizado. Escolham Libre, e depois a opção Bluetooth (Limitter…)

Em seguida é necessário ir às Definições (Settings) do XDrip+ e escolher a opção “Bluetooth Scan”. O MiaoMiao irá aparecer na lista (basta pressionar em cima e a ligação deverá ser feita sem qualquer problema). O próximo passo é o de activar novo sensor no meu “Settings” (que me lembre só corri esta opção uma vez… quando coloco novo Libre, basta colocar o MiaoMiao por cima e as leituras continuam).
Caso haja alguma falha ir ao menu “System Status” – “Classic Status Page”: Restart Collector, se não resultar, desligar e voltar a ligar o Bluetooth nas definições do relógio.

Configurações XDrip+ para NightScout

A escrita no relógio dado o seu tamanha torna-se complicada, agora imaginem estar a escrever todos os detalhes para upload para a cloud, é algo que leva tempo. Configurei o meu telemóvel como follower XDrip+ (https://www.youtube.com/watch?v=LcgjfbYcWkE) e nele configurei os dados para upload para a cloud mas recomendo a configurar tudo no relógio, porque só assim temos um sistema 100% independente de telemóvel!

O único problema no XDrip+ para configurar um follower do relógio é que se torna uma missão quase impossível. O menu não aparece correctamentE; eu próprio já reportei o problema: https://github.com/NightscoutFoundation/xDrip/issues/456 (conseguir a opção de partilha é quase uma questão de sorte). Fui pressionando no ecrã até aparecer o código QR. Por vezes quando fazia o “scan” no meu telemóvel, acabava por copiar todas as definições, mas ao fim de algumas tentativas consegui com que as definições para follower fossem copiadas.

Voltando a falar das calibrações… Além de as effetuar quando a leitura acaba de ser feita pelo MiaoMiao, é preciso não esquecer outros factores importantes para que a calibração seja eficaz como: estar com glicemia estável, não ter ingerido hidratos e estar sem insulina rápida activa. Faço uma calibração logo de manhã, ao acordar, e outra antes do jantar.

Prós

  • Lista de dspositivos suportados: G5, G4, Libre, Medtronic 640…
  • Upload para a Cloud (vários servidores)
  • Calibração
  • Alarmes
  • Leitura das glicemias em voz alta (boa opção para pessoas com dificuldade de leitura / invisuais)
  • Previsão das hipoglecimas

Contras

  • Não disponível na Google Play Store.
  • Devido ao sistema de notificação do relógio não é possível suspender de forma rápida os alarmes. É necessário abrir a app e desactivá-los via menu de opções.
  • Difícil escrever notas ou adicionar tratamento (bolus, hidratos…).
  • Falta de optimização para ecrãs com resolução de 240×240.»

Autor: Sérgio Silva (parapenT1sta)
Obrigado também à preciosa ajuda de António Magalhães e Alexandre Silva

IMPORTANT!
DeeBee.it is a site created by volunteers. We are looking for passionate translators to help us translate articles into their native language. If you want to help us take the information even further, you can write us: info@deebee.it
Every language is welcome on DeeBee.it… Mandarin, Spanish, English, Hindi, Arabic, Portuguese, Bengali, Russian, Japanese, Punjabi, German, Javanese, Wu, Malay, Telugu, Vietnamese, Korean, French, and soooo on :)

©Riproduzione riservata
Print Friendly, PDF & Email

Vuoi parlare con le migliaia di amici che hanno già sperimentato le soluzioni proposte su DeeBee.it? Vuoi fare qualche domanda su un argomento specifico per conoscere le opinioni ed i suggerimenti di chi ci è già passato? Vuoi suggerire tu qualcosa dicendo la tua?
Non devi fare altro che iscriverti nel gruppo Nightscout Italia ed otterrai risposta ad ogni tua domanda! Nel nostro gruppo affrontiamo ogni tematica inerente il diabete (non solo tecnologia ma anche leggi, sport, alimentazione, accettazione, gestione quotidiana, L104, ecc., sia per adulti che per bambini).
Enjoy!

Ti potrebbero interessare anche...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *